Transporte de cargas fechadas


O transporte, de modo geral, é o elemento mais importante de todo o processo logístico, através da cadeia de produção e distribuição de bens. Realizar com eficiência suas operações rodoviárias durante as entregas de mercadorias é o fator determinante para sucesso das transportadoras. Para um melhor entendimento do sistema, vamos começar explicando os dois tipos de cargas operacionais, que se dividem em: cargas fracionadas e cargas fechadas.

As cargas fracionadas consistem na entrega de pequenas remessas de mercadorias cujo volume não é suficiente para lotar o veículo. Este tipo de serviço consiste na entrega de diversos tipos de cargas para vários clientes. A característica principal desta operação é o cumprimento de prazo de entrega, já que por se tratar de diversas mercadorias, qualquer atraso eleva os custos de transporte da carga.

A carga fechada, também chamada de consolidada ou lotação, é a coleta de mercadoria que leva para um único destinatário. Ela é definida pela rota que será feita e pelo tempo que será gasto para carga e descarga do caminhão. Além disso, quanto menor for o peso do produto, para facilitar a carga e descarga da mercadoria, mais atrativo será o preço final, já que o veículo utilizado gastará menos combustível e será menos desgastado.

Para as empresas transportadoras a principal necessidade é a inovação no serviço. Trabalhar com preços flexíveis e que demonstrem eficiência na entrega do produto ao cliente é de extrema importância. O transporte de carga fechada muitas vezes leva vantagem dependendo do produto a ser transportado, por conter algumas características:

Exclusividade do veículo


No ato na contratação do serviço, o produto será entregue com caminhão exclusivo e preparado, para cada tipo e tamanho de mercadoria a ser transportada.

Agilidade na entrega de mercadorias


Como existe apenas um cliente final, a rota será traçada de acordo com a localização. A retirada e entrega de mercadorias será de forma prática e útil em um curto período de tempo.

Relação custo/benefício


A relação custo/benefício será mais favorável no orçamento não só do cliente, como da transportadora. Pois com o calculo de rota, o desgasto do veículo será menor, economizando gasolina e tempo perdido de ociosidade.

Com a crescente demanda de cargas, a procura por transportadoras que realizem entregas com cargas fechadas é cada vez mais frequente. Contar com equipamentos qualificados e que atendam a necessidade de cada cliente é estar preparado para o mercado competitivo.

Disponibilizar de plataformas digitais que possibilitem o cálculo de melhor frota, frete e acompanhamento simultâneo da mercadoria, também facilita a estratégia de mercado e alcance de novos clientes.